Top
O PagoLivre

Tecnologia em pagamentos: coadjuvante ou impulsionadora?

Entender o valor percebido pelos comerciantes em relação a prestação de serviços ofertada pelas empresas da indústria de meios de pagamento é vital para valorização do segmento. 

Não somente de taxas e “maquininhas” vive esse mercado, existe muito serviço e tecnologia desenvolvidos em mais de 20 anos, que revolucionaram os pagamentos no Brasil, tornando a indústria local uma das mais inovadoras e competitivas do mundo. 

Basta lembrar que as transações utilizavam decalque do cartão de crédito, hoje podem ser realizadas por contato. Não existia a “maquininha”! Não existia o chip! Quem dirá antecipação de recebíveis, cashback, link de pagamento, boleto eletrônico, pagamento por aproximação, pagamento por smartphone, aliás, não existia smartphone!  

O maior volume de pagamentos era predominante realizado através do cheque… as novas gerações não conhecem mais o cheque e logo, talvez, nem mais o cartão de crédito plástico irão conhecer. 

Aqui cabe comentar, que as novas gerações exigem cada vez mais tecnologia na sua experiência, inclusive de compra, caso contrário, podem comprar onde há essa comodidade e benefício. 

Fato é que a indústria de pagamentos vem buscando atender essa expectativa é, de certa forma, revolucionando a forma como lidamos com os pagamentos e recebimentos nos últimos anos. A inovação e a tecnologia vêm permitindo que as transações sejam realizadas de forma mais inclusivas, com maior velocidade, muita comodidade e segurança.  

Tais facilidades foram permitidas graças ao investimento das empresas e profissionais dedicados e focados em analisar as “dores” do dia-a-dia, apresentando soluções.  

Soluções que busquem apoiar o comerciante no aumento das vendas, na gestão e controle, aumentando a segurança, conciliando suas informações rapidamente, permitindo que o mesmo coloque esforços na gestão do “core” do seu negócio.  

Atualmente, existem diversas pequenas e médias Startups e Fintechs, que buscam diariamente inovar e gerar valor. Tais empresas, precisam do apoio e oportunidade vindos destes comerciantes. Só assim essa criatividade e tecnologia poderá evoluir e, tais empresas, poderão crescer e se tornar empresas competitivas, agregando cada vez mais inovação a essa cadeia, incentivado o mercado antes mais tradicional, a se reinventar. Ao final, todos ganham. 

Algumas plataformas buscam acompanhar a jornada do cliente, isto significa que não se trata mais de fazer “uma parte”, mas sim atuar para que o consumidor tenha uma experiência incrível do começo ao fim. Trata-se de desonerar o comerciante de atividades não “core” e, claro, aumentar vendas e satisfação dos seus clientes. 

Respondendo à pergunta inicial, com uma opinião particular, os pagamentos em qualquer das suas tecnologias, passam a ter um papel fundamental, nada coadjuvante nas relações entre consumidor e varejo, revolucionando a forma de pagar ou receber, assim, possibilitando a cada dia inúmeras formas novas, viabilizando a inovação e sim, sem dúvidas, reduzindo perdas no sistema financeiro e consequentemente impulsionando as vendas e o crescimento do varejo. 

Flávio França  
Partner & Board Member na Nama Inteligência Artificial S.A. e Partner & CEO na PagoLivre Tecnologia S.A

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *